top of page

Pelo fim da violência contra as mulheres! Nós queremos viver e bem-viver!

Em homenagem ao sacrifício das Las Mariposas, a ONU decretou o dia 25 de novembro como o Dia Internacional de Eliminação da Violência contra a Mulher.

Segundo dados do IBGE de 2022, 35 mulheres foram agredidas verbal ou fisicamente por dia no Brasil! Ainda, segundo a pesquisa do Núcleo de Estudos da Violência da USP (NEV-USP), tivemos 40 mil mortes violentas incorporadas à tipificação de feminicídio no país. Esses registros são assustadores e expõem o quão perigoso é ser mulher no Brasil.


A misoginia - atrelada ao racismo, à pobreza e à LGBTfobia - nos coloca, enquanto mulheres, em situação de vulnerabilidade social e política cotidianamente! É urgente pensarmos e praticarmos um novo mundo hoje! E não são as mulheres as responsáveis pela mudança. É um problema civilizatório que exige de todas nós mudanças estruturais culturais e de poder institucional. Chega de tentarem mascarar ou silenciar denúncias sobre violência de gênero.


Cada vez mais, esse tipo de data política precisa reverberar em ações coletivas feministas no sentido de barrar tamanhas agressões e de propormos uma outra educação para emanciparmos de todo tipo de opressão e exploração.


Pelo fim da violência contra as mulheres! Nós queremos viver e bem-viver!

8 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page